Informação preservada na cloud perante um desastre natural
Foi testada no Instituto Marist de Nova Iorque, nos Estados Unidos, uma solução na área de cloud computing que preserva os dados perante um corte dos serviços de comunicação causado por furacões ou por outros desastres naturais.

Na eventualidade da ocorrência de uma situação meteorológica anómala, os operadores de telecomunicações podem ter apenas algumas horas, ou até menos, para proteger os sistemas críticos de comunicação.

Mas a migração de aplicações, serviços de voz e dados para uma localização segura, um processo chamado refornecimento, pode levar dias.

Esta solução agora testada poderá reduzir esse período temporal, de dias para minutos, evitando graves e dispendiosas interrupções da rede.  Esta solução baseada na cloud pode constituir a solução para a perda de serviços e dados durante um desastre natural ou outro tipo de catástrofe.