Universidade das Nações Unidas inaugurada em Guimarães
A Unidade Operacional em Governação Eletrónica da Universidade das Nações Unidas (UNU-EGOV) foi inaugurada no dia 24 de abril, em Guimarães, pelo Ministro Adjunto para o Desenvolvimento Regional, Miguel Poiares Maduro. A UNU-EGOV está instalada no Centro de Pós-Graduação do Campus de Couros da Universidade do Minho.
A cerimónia oficial contou com a participação pelo Subsecretário da Organização das Nações Unidas (ONU) e Reitor da Universidade das Nações Unidas, David Malone, do Presidente da Câmara Municipal de Guimarães, Domingos Bragança, do Reitor da Universidade do Minho, António M. Cunha, o Secretário de Estado para a Modernização Administrativa, Joaquim Pedro Cardoso da Costa, e do presidente da AMA – Agência para a Modernização Administrativa, IP, Paulo Neves.

No mesmo dia, a AMA e a UNU-EGOV assinaram um protocolo de colaboração, nos domínios do eGov e da modernização administrativa, que ambas as entidades se comprometem desenvolver ao longo dos próximos anos. Em Guimarães, também no Campus de Couro, a AMA está prestes a concluir a instalação de uma Unidade de Desenvolvimento de Governo Eletrónico, que foi aliás visitada pelo Ministro e respetiva comitiva.

A UNU é uma instituição de referência mundial para o ensino e investigação no domínio do governo eletrónico que tem como anfitriã a Universidade do Minho. Trata-se de um laboratório de ideias global (“think tank”) e uma organização de ensino de pós-graduação estabelecida em 1972 por decisão da Assembleia Geral das Nações Unidas.

Esta unidade tem como missão apoiar a ONU e os respetivos Estados-Membros, na transformação de mecanismos de governança e na criação de capacidades efetivas de governança, através da aplicação estratégica de tecnologias digitais. O objetivo é contribuir para o desenvolvimento social e económico inclusivo, a sustentabilidade ambiental, a paz e a segurança global, através da implementação de modelos de governação inovadores.

Siga a AMA no Facebook e no Twitter.