Município de Lisboa com atendimento em língua gestual
A Câmara de Lisboa, em colaboração com a Federação Portuguesa das Associações de Surdos (FPAS), criou recentemente um serviço de atendimento ao público em língua gestual. O novo serviço destina-se aos munícipes com problemas de surdez e funciona mediante marcação prévia.
Os cidadãos com incapacidade auditiva podem agora ter acesso a um atendimento personalizado para tratar de todos os assuntos relacionados com licenciamentos, certidões ou quaisquer outros de âmbito municipal.

Esta é mais uma iniciativa da autarquia lisboeta em colaboração com a FPAS. A somar à transmissão online em língua gestual das reuniões públicas da Câmara de Lisboa, da Assembleia Municipal e das reuniões do Conselho Municipal para a Integração das Pessoas com Deficiência.

É mais um passo em frente para tornar Lisboa uma cidade mais coesa e acessível a todos os munícipes e também uma forma de ajudar os serviços municipais a dar resposta “àqueles que não conseguem ouvir o que dizemos”, adiantou o vereador do pelouro dos Direitos Socias, João Afonso, de acordo com informação publicada no site da autarquia.


Siga a RCC no Facebook e no Twitter.