Rede Integrada de Apoio ao Cidadão (RIAC)
O Governo Regional dos Açores criou a RIAC com o objectivo de modernizar e simplificar o funcionamento da Administração, bem como facilitar o acesso e melhorar o atendimento dos cidadãos.
 
Iniciativa:
Rede Integrada de Apoio ao Cidadão (RIAC)
Entidade: Vice-Presidência do Governo da Região Autónoma dos Açores e RIAC - Agência para a Modernização e Qualidade do Serviço ao Cidadão, I.P
Destinatários/Beneficiários: Cidadãos
Categoria: Serviços ao Cidadão
Ponto de Situação: Em curso, com mais de 30 postos de atendimento da RIAC abertos até agora
Site: www.riac.gov.pt

O VII Governo Regional dos Açores assumiu a intenção de viabilizar a extensão à região do projecto nacional "Loja do Cidadão", surgido em 1997, com o intuito de modernizar e simplificar o funcionamento da Administração, bem como facilitar o acesso e melhorar o atendimento dos cidadãos.

Nesse sentido, foi assumida uma aposta na criação de um projecto que conjugasse as especificidades da Região, nomeadamente a realidade do arquipélago caracterizada pela descontinuidade geográfica, e os critérios de excelência prestados pela Loja do Cidadão, o qual se denominou de "Rede Integrada de Apoio ao Cidadão" (RIAC).

Assim, a 2 de Julho de 2001, foi celebrado um protocolo de cooperação entre o Governo da República, representado pelo Ministro da Reforma do Estado e da Administração Pública (MREAP) e o Governo Regional dos Açores, representado pelo Presidente do Governo Regional, que permitiu viabilizar a concretização deste projecto. A operacionalização deste protocolo ficou a cargo de uma parceria entre uma equipa de projecto da Região, criada por Resolução do Conselho de Governo e integrada nos serviços da então Secretária Regional Adjunta da Presidência, e o Instituto para Gestão das Lojas do Cidadão (IGLC).

O modelo de funcionamento da RIAC abrange quatro pólos fundamentais: os Postos de Atendimento, um Centro de Contactos, um Centro de Processamento de Informação e as Entidades de Retaguarda. Para além destes pólos de funcionamento, a RIAC disponibiliza uma página na Internet, com um vasto leque de conteúdos informativos, inerentes aos serviços prestados no seu âmbito, bem como o encaminhamento do cidadão para outras páginas de Internet onde são prestados diversos serviços da Administração Pública.

A interacção do cidadão com a RIAC é possível através dos Postos de Atendimento da RIAC, onde existe um atendimento presencial, efectuado por operadores – "assistentes de cliente", através do Centro de Contactos, o qual pode ser acedido via telefone, Internet ou e-mail.

Como unidade central de gestão e controlo dos fluxos de informação da RIAC, funciona o Centro de Processamento de Informação, sediado na Rua de S. Pedro, em Angra do Heroísmo, o qual coordena o processo de integração dos serviços e conteúdos informativos disponibilizados pelos diversos departamentos da Administração Pública Regional, Central e Local, para além empresas que se associaram a este projecto, designadas de Entidades de Retaguarda.

Próximas Acções

Expansão da rede a nível regional, com a abertura de mais 15 postos nos Açores até ao final de 2008.

Ponto de Contacto

Paulo Soares
Presidente da Direcção da RIAC - Agência para a Modernização e Qualidade do Serviço ao Cidadão, I.P.
Tel.: (+351) 295 402 300
paulo.sc.soares@azores.gov.pt

 Fonte: portal da RIAC