EasyVoice – Atendimento sem Barreiras
O projecto “EasyVoice – Atendimento sem Barreiras”, pioneiro a nível nacional, tem como grande objectivo promover a inclusão social de pessoas com deficiência. Este sistema permite aos cidadãos com dificuldades ao nível da fala poderem dirigir-se a um serviço público e utilizarem uma voz artificial para comunicar com os funcionários que os atendem.

Iniciativa: EasyVoice – Atendimento sem Barreiras
Entidade: Governo Civil do Distrito de Faro
Destinatários/Beneficiários potenciais: Todos os utentes do Governo Civil e dos serviços públicos em geral com limitações na fala.
Categoria:  Serviços ao Cidadão
Ponto de Situação: Implementado nos serviços do Governo Civil desde 3 de Dezembro de 2009.
Custos envolvidos: 2.000 Euros
Site: www.gov-civil-faro.pt ou http://w3.ualg.pt/~pcondado/easyvoice


O Governo Civil do Distrito de Faro lançou um desafio ao licenciado em Informática de Gestão e doutorado em Engenharia Electrónica e Computação com especialização em Ciências de Computação, Paulo Condado, para desenvolver um programa que facilite a comunicação de pessoas com dificuldades ao nível da fala. O desafio foi aceite e assim nasceu o programa agora designado por “EasyVoice – Atendimento Sem Barreiras”.

Este sistema permite ao utente escolher num computador frases, previamente designadas, explicando o que pretende dos serviços ou digitar completamente a própria pergunta. Essas frases são depois transformadas em som, com uma voz artificial, permitindo a comunicação entre estes utentes e os funcionários do atendimento.

O sistema já está disponível em Português e em Inglês nos espaços de atendimento do Governo Civil e irá ser proposto o seu alargamento a outras entidades regionais.

Tecnologia

Para converter texto em voz utiliza-se a tecnologia Texto-para-Discurso que se baseia em algoritmos de síntese. Estes algoritmos geram sons que simulam aqueles criados pelas cordas vocais humanas. A conversão é um processo complexo que envolve várias tecnologias para produzir um output natural e inteligível.

As duas técnicas primárias para gerar as formas de ondas do discurso sintético são a síntese concatenaria e a síntese formata. A síntese concatenaria baseia-se na concatenação de segmentos de discurso gravado. A síntese formata não utiliza amostras pré-gravadas de discurso humano. Neste caso, o discurso sintetizado é gerado através de um modelo acústico.

Próximas Acções

Divulgação, e articulação da forma de adesão, pelas entidades do Conselho Coordenador da Administração Central de Âmbito Distrital.

Anexos

Abaixo temos os links das notícias publicadas no âmbito da iniciativa:  Resultados

O principal resultado será a agilização da comunicação entre os utentes com dificuldades na fala e os funcionários do atendimento dos serviços públicos.

Ponto de Contacto

Tenente-Coronel Carlos Silva Gomes
Chefe de Gabinete
Governo Civil do Distrito de Faro
silvagomes@gov-civil-faro.pt
algarve@gov-civil-faro.pt

 Última Actualização: terça-feira, 9 de Fevereiro de 2010