Melhorar os Sistemas e Procedimentos Internos com vista a uma Gestão pela Qualidade
Virtualização de servidores e postos de trabalho. Em termos mais técnicos significou criar uma camada de abstracção entre os serviços fornecidos (aplicações) e a plataforma onde estão instalados, permitindo organizar recursos físicos em grupos lógicos, e poder distribuir e gerir de forma mais fácil e dinâmica esses mesmos grupos, optimizando os recursos existentes e o plano de disaster recovery.
Entidade: Secretaria-Geral do Ministério das Finanças e da Administração Publica Destinatários/Beneficiários potenciais: Clientes internos e externos da SGMFAP
Ponto de Situação: Concluído
Em traços gerais, a solução de virtualização apresenta três características fundamentais: Particionamento - Permite que vários sistemas operativos partilhem o mesmo Hardware, permitindo também uma melhor utilização dos recursos físicos com os dados em share, prontos para cluster ou failover. Isolamento - As máquinas virtuais não são afectadas no que respeita a falhas de segurança (vírus, etc.). O controlo de recursos por parte de cada máquina preserva a performance e garantem-se os níveis de serviço Encapsulamento - Cada máquina é tratada como um ficheiro, facilitando a sua manipulação. O software de Virtualização tem um conceito que assenta na consolidação de servidores para permitir uma nova forma de gerir a capacidade de IT. O objectivo é assegurar que certos recursos estejam disponíveis para uma determinada aplicação na altura certa. A optimização da infra-estrutura através da consolidação permite minimizar os custos de hardware e operação, assegurando ao mesmo tempo a capacidade necessária para as exigências aplicacionais. Transformando os recursos computacionais em “pools” de recursos, que podem ser dinamicamente e automaticamente mapeados para hardware físico, a SGMFAP usufrui de uma flexibilidade impossível de obter antes da implementação do projecto, os principais benefícios da consolidação são: Redução do tempo de deployment de servidores em 40% Hardware de servidores Automatização da gestão de recursos computacionais Consumo de energia Custos de arrefecimento Infra-estrutura de Redes e SAN Redução do espaço físico necessário Diminuição da complexidade de administração dos servidores Aumento da produtividade da equipa de IT A tecnologia de suporte é baseada em sistemas Blade com redundância de cpu, fontes de alimentação, ligações de rede, ligações de fibra à Storage. A nível de software de suporte a esta plataforma, foi implementada uma solução de virtualização baseada na tecnologia VMWARE. Para a solução cliente, foi também utilizada a mesma tecnologia de suporte sendo complementada com os ThinClients da SUN para acesso às estações de trabalho. Para salvaguarda da informação foi utilizada uma unidade com 2 drives LTO4 e utilizado como ferramenta de software o Data Protector da HP. Na implementação do sistema de gestão dos serviços tecnológicos e do sistema de ServiceDesk foi utilizada a tecnologia Microsoft e HP respectivamente. Ponto de Contacto Francisco Silva Francisco.silva@sgmf.pt Site
www.sgmf.pt

Resultados
• Aumento do Espaço físico no CPD, bem como a sua capacidade de crescimento
• Gestão centralizada do Centro de Processamento através de uma única consola;
• Aumento das capacidades da UPS
• Redução do tempo gasto no suporte ao utilizador
• Diminuição dos custos com o Datacenter:
• …menos consumo de energia, substituição de equipamento antigo com consequente redução nos custos de contratos manutenção…

 Última actualização 27 Dezembro de 2011