Critical Incident Stress Management (CISM)
O CISM é um Programa Integrado de Serviços e Procedimentos da NAV, sendo uma das suas finalidades garantir a assistência e apoio psicológico a quem estiver envolvido num incidente crítico, o qual vai ajudar a diminuir as repercussões dos indivíduos que sofreram uma situação de Critical Incident Stress.
 
Iniciativa:
Critical Incident Stress Management (CISM)
Entidade: NAV - Navegação Aérea de Portugal, EPE
Destinatários/Beneficiários potenciais: Na NAV Portugal: Controladores de Tráfego Aéreo; Operadores de Radiotelefone; Pessoal da Área Técnica (futuramente). Noutras Organizações; pilotos, nadadores-salvadores, pessoal dos socorros a náufragos, médicos, pessoal de enfermagem, paramédicos, policias, bombeiros, professores, etc.
Categoria: Qualidade
Ponto de Situação: Uma iniciativa como o Programa CISM nunca está concluída. Neste momento, o próximo objectivo é alargar a nossa acção às famílias das populações alvo.
Custos envolvidos: A fase de implementação custou cerca de 20 mil euros divididos entre deslocações aos E.U.A para formação dos responsáveis do Projecto, cartazes, flyers, selecção e Formação (inicial, avançada e de refrescamento) dos pares e dos profissionais de saúde mental da equipa, documentação (livros e vídeos), material de formação, reuniões fora da empresa incluindo as da rede europeia, site na Net, etc.
Site: www.nav.pt/cism 

Para além desta vertente de apoio e acompanhamento aos operacionais durante a crise, que representa uma ruptura no equilíbrio psicológico, realça-se uma outra de carácter educacional que visa a promoção da saúde como forma de prevenção. Esta parte educativa permite que os indivíduos aprendam a lidar com uma situação indutora de stress no momento em que ela ocorre e nos momentos posteriores. Além do mais, permite mudanças ao nível da cultura empresarial, no sentido de uma educação para a saúde, efectiva e com fins preventivos.
 
O programa abrange, de momento, duas carreiras aeronáuticas: Controladores de Tráfego Aéreo (CTA) e Técnicos de Informação e Comunicações Aeronáuticas (TICA). Em CTA são exemplos de possíveis incidentes críticos as perdas de separação entre aeronaves, a perda momentânea da percepção da situação do tráfego, os near collision e os acidentes.

Num incidente crítico há três grupos de pessoas que poderão sofrer do stress por ele originado: os directamente envolvidos, os observadores e os indirectamente envolvidos. Por exemplo, num acidente aéreo os directamente envolvidos serão os passageiros e a tripulação, os observadores serão o pessoal dos serviços de tráfego aéreo e o pessoal de emergência e, por fim, os indirectamente envolvidos serão as famílias e os amigos chegados.

O programa CISM da NAV Portugal é levado à prática por uma equipa constituída por um grupo de 34 pares (colegas de trabalho do mesmo local, com a mesma qualificação, voluntários, seleccionados e com formação em CISM) e um profissional de Saúde Mental (psicólogo clínico). Os Pares e o profissional de Saúde Mental estão disponíveis e contactáveis 24 horas por dia durante os sete dias da semana.

O apoio dos Pares ajuda a normalizar a experiência vivida pelo operacional num incidente crítico, a reduzir o sentimento de isolamento e facilita a abordagem de assuntos muito sensíveis. A ventilação das emoções alivia, a verbalização ajuda a reconstruir o acontecimento e permite organizar pensamentos e sentimentos. O CISM é um programa integrado que ensina as pessoas a lidar com a situação crítica a que foram sujeitas.

As principais técnicas de intervenção utilizadas no CISM são: Apoio Individual (One-on-One), CISDebriefing, Follow-up e Encaminhamento, havendo, no caso da equipa CISM da NAV, disponíveis para além destas mais 13 técnicas.

Recomendações
  1. Recolher toda a informação disponível;
  2. Preparar um plano de acção e encontrar um “herói” da ideia (alguém dentro da Organização com prestígio e que acredite verdadeiramente no projecto);
  3. Divulgação da iniciativa entre a população alvo (encontros, cartazes, brochuras, etc.);
  4. Distribuição de circulares entre a população alvo pedindo a adesão à iniciativa;
  5. Reunir com a administração e com os sindicatos, mostrando as vantagens do Projecto;
  6. Depois de se obter luz verde, preparar o processo de selecção e formação da equipa;
  7. Preparar todo o material necessário: Manual de Procedimentos, Manual de Formação, Código de Conduta dos Pares da Equipa, etc;
  8. Divulgar a composição da equipa e o modo de aceder aos mesmos pela população alvo;
  9. Calendarizar reuniões regulares da equipa;
  10. Nomear ou eleger os coordenadores da equipa (clínico e operacional).
Próximas Acções

Realizar as reuniões locais da equipa, seleccionar e formar novos elementos, conduzir o projecto CISM e famílias, preparar o Verão IATA, preparar o 7º Encontro Nacional de Pares CISM.

Anexos

Gestão do stress após incidentes críticos no trabalho de controlo de tráfego aéreo (página 39-41) - in documentação da Agência Europeia de Saúde e Segurança no Trabalho sobre o prémio de boas prácticas de 2002 (pdf, 712 KB)

Resultados

Incidentes e acidentes são, em aviação, acontecimentos com um grande impacto emocional nos indivíduos (níveis de stress muito elevados podem provocar um trauma psicológico, o que pode levar a subsequentes distúrbios, como o Distúrbio de Stress Pós Traumático, que origina outras alterações de comportamento, tais como depressão, pânico e ansiedade) e nas organizações envolvidas. É por isso que o programa CISM, com as suas vertentes de prevenção e intervenção foi considerado uma das principais referências na política de factores humanos/recursos humanos dos Serviços de Tráfego Aéreo.

A experiência mostra que desde a implementação oficial do programa CISM até 2006:
  • Os operacionais e as suas famílias lidam e recuperam melhor de um incidente crítico;
  • Há um menor sentimento de isolamento;
  • Diminuiu o tempo de afastamento da posição de trabalho;
  • Há menos absentismo;
  • Não houve nenhuma situação conhecida de burn out ou de novos abandonos prematuros da profissão devido a um incidente crítico o que constitui, per si, uma redução de custos efectiva;
  • Nos níveis de desempenho observaram-se:
    • Melhores tomadas de decisão;
    • Melhor atenção;
    • Redução de erros;
    • Uma comunicação mais eficaz.
O programa CISM é só mais um elemento para um bom e efectivo desempenho, uma vez que a educação está directamente relacionada com o apoio prestado, contribuindo directamente para a segurança e eficiência dos Serviços de Tráfego Aéreo.

Ao analisar-se a relação custo/benefício constata-se que o CISM é bem favorável: o recrutamento, selecção e formação de um Controlador de Tráfego Aéreo custa à NAV Portugal, em média, a quantia de 60 mil euros e o programa CISM, na sua fase de implementação, o que incluiu a formação dos Pares e do Profissional de Saúde Mental, as deslocações, a documentação, as sessões de sensibilização, os workgroups, etc, não ultrapassou os 20 mil euros.

Ponto de Contacto


Ana Isabel Cambraia
Responsável clínica pelo projecto da NAV
Tel.: (+351) 218 553 471
isabel.cambraia@nav.pt

António Guerra
Chefe da Divisão de Segurança Operacional e Factores Humanos da NAV
Tel.: (+351) 218 553 471

antonio.guerra@nav.pt  

 Última Actualização: sexta-feira, 17 de Abril de 2009