Avaliação Pró-Activa
O Hospital Curry Cabral implementou um projecto de avaliação dos recursos humanos no Serviço de Radiologia, designado “Avaliação Pró-Activa”, que avalia em permanência o desempenho dos profissionais, individualmente e em equipa. Com este acompanhamento constante, é possível corrigir em tempo útil as falhas e desvios detectados, para uma melhor prossecução dos objectivos estabelecidos.

Iniciativa: Avaliação Pró-Activa
Entidade: Hospital Curry Cabral - Serviço de Radiologia área Técnica
Entidades parceiras: Recursos Humanos do HCC
Destinatários/Beneficiários potenciais: Técnicos de Radiologia/ Corpos especiais TDT (Técnicos de Diagnóstico e Terapêutica)
Categoria: Qualidade
Ponto de Situação:  Base principal da avaliação entre 2006 e 2007. Em 2008 e seguintes sistema complementar de avaliação.
Custos envolvidos: Sem necessidade de recursos financeiros adicionais.


A iniciativa da criação deste processo de avaliação visou preencher o vazio legal existente para os corpos especiais, de uma avaliação adaptada e com ferramentas concretas de medida, e que tenham como objectivos colaterais, a diferenciação e a motivação. Tendo como missão ser transparente, participado, responsável, diferenciador e motivador.

As principais dificuldades encontradas na sua aplicação prenderam-se com a colocação de ficheiros do programa pró activo de acesso unipessoal em PC partilhados em rede no ambiente de trabalho, uma vez que só com permissões do Administrador do sistema se podiam disponibilizar. Estes impedimentos foram ultrapassados com a criação de uma unidade U. Para locais onde a partilha não é feita em rede este problema não se coloca.

As competências necessárias para o desenvolvimento das ferramentas necessárias à construção do programa são o conhecimento por parte do avaliador de trabalhar em Access.

Tecnologia

Ter PC nos locais de trabalho, ou perto da área de acção.

Recomendações

Antes de implementar qualquer sistema de avaliação deverá ter-se em conta duas fases distintas.

1º fase
:
  1. Reuniões preparatórias com todos os intervenientes para apresentação do sistema de avaliação;
  2. Criação de grupo de trabalho;
  3. Criação de uma grelha de dados de diagnóstico;
  4. Estudo observacional no terreno com registo dos dados por parte do grupo de trabalho;
  5. Tratamento dos dados com o fim de criar os objectivos;
  6. Explicitar objectivos pretendidos.
2º fase:
  1. Reunião com todos os profissionais para criação dos objectivos individuais;
  2. Criação das ferramentas informáticas;
  3. Negociação dos objectivos individuais;
  4. Estudo piloto;
  5. Verificação do estudo;
  6. Implementação do projecto.
Próximas Acções

As sugeridas no final de cada ano após leitura dos dados obtidos na avaliação do ano anterior.

Anexos

Resultados

Este sistema de avaliação leva a um incentivo permanente à produtividade, qualidade e motivação dos colaboradores do serviço e à melhoria dos serviços prestados, beneficiando, em última análise, o utente que recorre a esta unidade.

A iniciativa recebeu o Prémio Recursos Humanos do Hospital do Futuro 2005/2006, numa cerimónia presidida pelo Ministro da Saúde Dr. Correia de Campos e integrada na 14ª Conferência da consultora SInASE, que teve lugar no 20 de Março de 2006.

Ponto de Contacto

Nuno Carrilho
Director do Serviço de Radiologia
Hospital Curry Cabral
Tel.: (+351) 217 924 336

Luís Ramos
Serviço de Radiologia
Hospital Curry Cabral
Tel.: (+351) 217 924 300
laramos@hccabral.min-saude.pt  

 Última Actualização: sexta-feira, 12 de Março de 2010