UC-cloud, Infraestruturas e serviços de TIC para a cloud
A implementação do projeto representou um contributo muito importante não só para a adequação das infraestruturas de comunicação da Universidade de Coimbra, mas também para desenvolver componentes de software que permitiram melhorar a qualidade da prestação de serviços da UC, reduzindo o esforço de recursos humanos que lhes está associado.  Os desenvolvimentos realizados permitiram reforçar a integração dos sistemas de informação da UC com Plataforma Multicanal da AP.

Título
UC-cloud, Infraestruturas e serviços de TIC para a cloud


Entidade

Universidade de Coimbra
Serviço de Gestão de Sistemas de Informação e Infraestruturas de Comunicação

Destinatários/Beneficiários potenciais
As atividades e componentes de software desenvolvidos destinam-se a utilização direta ou indireta da comunidade de utilizadores da Universidade de Coimbra que envolve cerca de 23 000 estudantes e 3 000 docentes e pessoal técnico. Para além destes destinatários, poderão ainda benefeciar dos resultados da operação os diversos públicos que, ainda que esporadicamente, utilizam serviços da Universidade de Coimbra, designadamente em pontos de atendimento e circuito turístico, entre outros.

Poderão ainda ser incluídos nos beneficiários da operação as entidades públicas que decidirem adoptar os desenvolvimento realizados no âmbito da operação como, por exemplo, o sistema de atendimento, as soluções de integração com as plattaformas da AP ou os produtos de código aberto desenvolvidos.

Ponto de Situação
Concluída

Custos envolvidos
Investimento elegível candidatura aprovada: 732.300,00€

Taxionomia
Utilização de TIC para potenciar a modernização administrativa

Descrição breve
O projeto UC-cloud teve por objetivo a otimização da prestação de serviços à comunidade de utilizadores da UC e da interoperabilidade com plataformas da AP, incluindo:

  • infraestruturas de suporte a serviços de computação em nuvem;
  • integração e extensão de sistemas de gestão existentes;
  • reforço da utilização de sistemas de pagamentos eletrónicos da AP;
  • integração com plataformas de contratação pública;
  • recolha de indicadores para a gestão e monitorização da estratégia da UC

Descrição pormenorizada
A implementação do projeto representou um contributo muito importante não só para a adequação das infraestruturas de comunicação da Universidade de Coimbra, mas também para desenvolver componentes de software que permitiram melhorar a qualidade da prestação de serviços da UC, reduzindo o esforço de recursos humanos que lhes está associado.  Os desenvolvimentos realizados permitiram reforçar a integração dos sistemas de informação da UC com Plataforma Multicanal da AP.

O projecto foi planeado e implementado pelos serviços de informática da UC, com recursos técnicos internos. A alocação de recursos internos constituiu a maior dificuldade face à complexidade do proejcto e do número de técnicos disponíveis. Para colmatar esta dificuldade foram adquiridos serviços de desenvolvimento externo, posteriormente integrado pelos meios técnicos da UC.

As atividades desenvolvidas no âmbito projeto abrangeram as tipologias de infraestruturas e serviços de comunicações, modernização administrativa, desmaterialização, interoperabilidade entre sistemas de informação, racionalização e simplificação organizacional, instrumentos de gestão e monitorização, e integração com a Plataforma de Interoperabilidade da Administração Pública (PI), enquadrando-se totalmente com o Aviso de Abertura da candidatura, assim como nas orientações da Resolução do Conselho de Ministros no 12/2012, de 7 de fevereiro, Plano Global Estratégico de Racionalização e Redução de Custos com as TIC, na Administração Pública.

Tecnologia
Todos os desenvolvimentos foram enquadrados numa arquitectura orientada para serviços (SOA, Service Oriented Architecture) com interfaces REST/JSON e SOAP/XML, em função dos requisitos dos sistemas a integrar. Estes desenvolvimentos foram realizados com recurso a ferramentas de código aberto, mais especificamente:

  • Bases de dados: MySQL/MariaDB, Postres SQL, MongoDB;
  • Linguagens: Python, HTML5;
  • Pentaho Business Analytics: Pentaho;

Para adapatação do ERP aos componentes de middleware de integração com as plataformas da AP, foram realizados desenvolvimentos pontuais na tecnologia proprietária nativa do ERP.
Os desenvolvimentos foram realizados quer com recursos internos, quer com recursos externos. Neste caso, a especificação, testes e integração foi sempre realizada com meios técnicos da UC.

Recomendações
Considera-se muito importante uma avaliação prévia das alternativas de integração dos produtos resultantes deste projecto na arquitectura de sistema de informação da entidade interessada na sua implementação. É igualmente  determinante o planeamento de especificação dos trabalhos a desenvolver quer por equipas internas, quer por equipas externas. Chama-se ainda a atenção para a eventual necessidade de formação das equipas internas nas tecnologias utilizadas, com vista a assegurar a sustentabilidade do projecto.

Próximas Acções
Após consolidação da utilização dos desenvolvimentos realizados e de explorar as novas oportunidades de simplificação de processos, será dada continuidade não só à desmaterialização de outros processos de negócio, mas também da produção de interfaces de utilização web mais elaborados, independentes dos dispositivos de utilização, que permitam implementar um ambiente de balcão único de serviços que se pretende cada vez mais evoluído e eficiente.

Ponto de Contacto
Mário José Alcobaça Simões Bernardes
Director do Serviço de Gestão de Sistemas de Informação e Infraestruturas de Comunicação
Telefone: +351 239 242 880
e-mail: mjb@uc.pt

Site
http://www.uc.pt/ciuc

Resultados
Na área de infraestruturas, as aquisições realizadas foram orientadas para  actualizar as plataformas tecnológicas de suporte a serviços, aumentando a capacidade computacional, melhorando a redundância dos pontos críticos da rede da UC e reforçando da cobertura da rede sem fios.

Na área de sistemas de informação os desenvolvimentos realizados permitiram normalizar e automatizar processos de gestão, tornando-os mais eficientes, melhorar o controlo de despesa e gestão de recursos materiais e humanos, assim desenvolver a interoperabilidade com as paltaformas da Administração Pública. Neste contexto foram realizados os seguintes desenvolvimentos enquadrados numa arquitetura baseada em serviços (SOA):

  • sistema de gestão de provisionamento de identidades (utilizadores e grupos de utilizadores) e recursos atribuídos  (telefones, estacionamentos, acesso a sistemas aplicacionais, etc.);
  • interface de webservices para suporte ao armazenamento de objetos digitais de diferentes tipos;
  • sistema de gestão de atendimento composta por um dispensador de senhas baseado num tablet e numa impressora térmica, uma aplicação web para back-office de operador de balcão e e uma aplicação web para dispositivos móveis;
  • interface web para desmaterialização do processo de regularização de registos de assiduidade;
  • middleware para ampliar e simplificar a utilização da platforma de pagamentos da AP (PPAP);
  • middleaware para automatização da integração de ajustes directos simplificados na BASE.gov.pt;
  • Sistema de recolha de indicadores para monitorização do plano estratégico da UC a partir de diversos sistemas aplicacionais.

Última atualização: 11-03-2016