Plataforma Comum do Conhecimento e Modernização dos Municípios do Douro
O projeto dos municípios que integram a presente candidatura tem por objetivo dotar as Autarquias de ferramentas que permitam simplificar e agilizar a vida do Cidadão e Empresas potenciando a utilização de diferentes canais de comunicação levando-as a disponibilizar serviços mais eficientes com benefícios para todos, sejam eles Cidadãos, Empresas ou a própria Organização.

Título
Plataforma Comum do Conhecimento e Modernização dos Municípios do Douro – fase 1

Entidade
Comunidade Intermunicipal do Douro

Entidades parceiras
Alijó, Lamego, Mesão Frio, Moimenta da Beira, Penedono, Peso da Régua, S. João da Pesqueira, Sabrosa, Sernancelhe, Santa Marta de Penaguião, Tarouca e Vila Real.

Destinatários/Beneficiários potenciais
Cidadãos naturais e residentes dos concelhos envolvidos na operação e com atividade nesses municípios.

Ponto de Situação
Concluído
 
Custos envolvidos
2.533.282,22 euros.

Taxionomia
Modernização Administrativa.

Descrição breve
O projeto dos municípios que integram a presente candidatura tem por objetivo dotar as Autarquias de ferramentas que permitam simplificar e agilizar a vida do Cidadão e Empresas potenciando a utilização de diferentes canais de comunicação levando-as a disponibilizar serviços mais eficientes com benefícios para todos, sejam eles Cidadãos, Empresas ou a própria Organização.

Descrição pormenorizada
No âmbito deste projeto as Autarquias executaram um conjunto de iniciativas reutilizando as soluções existentes e integrando-as com as soluções propostas de forma a promover o aproveitamento do software, hardware e o conhecimento já existentes de forma a reduzir os custos internos e a resistência á mudança existente neste tipo de iniciativas. Nesse sentido, a CIM DOURO e os municípios integrantes do projeto, desenvolveram as seguintes operações: otimização dos processos administrativos, implementação de uma solução de Gestão Documental, implementação da Intranet, implementação Balcão Único de Atendimento,  implementação dos Serviços On-Line,  implementação de uma plataforma de interoperabilidade. Com estas medidas pretende-se melhorar o serviço ao cliente e as relações de parceria, cumprir com os requisitos e regulamentos governamentais, aumentar a produtividade dos colaboradores, minimizar o risco das informações erradas, melhorar a eficiência dos processos, reduzir os custos de publicação, impressão e armazenamento, melhorar a comunicação. Na generalidade o projeto decorreu conforme o previsto, tendo sido executado em mais tempo,, tendo havido na fase inicial algumas dificuldades de implementação, que através de uma sensibilização contínua dos responsáveis no processo, foram ultrapassadas; as competências necessárias para a construção da iniciativa foram encontradas nos municípios envolvidos em conjunto com os fornecedores.

Recomendações
Definição atempada dos recursos humanos, materiais e financeiros a afetar ao projeto. Assegurar o forte envolvimento das estruturas dirigentes em todas as fases do projeto.
 
Próximas Acções
No âmbito do Portugal 2020, está prevista a realização destas ações para os municípios da CIM que não integraram a presente operação.

Ponto de Contacto
Artur Silva, Secretário Executivo Intermunicipal da CIM, 964148301, artur.silva@cimdouro.pt.
 
Site
Sites dos municípios.

Resultados
Tendo o projeto sido concluído há pouco tempo, ainda não temos evidências dos resultados que esperamos obter.

Última atualização: 30-03-2016