Modernização dos processos de gestão, interação e organização do Serviço de Inspeção de Jogos
Otimização dos processos de inspeção com base em suporte tecnológico adaptado à área de atividade, particularmente no que diz respeito ao acesso à informação relevante, seja ela dos registos do controlo dos frequentadores dos casinos ou da informação de gestão associada à atividade do jogo nos casinos portugueses.

Título
Modernização dos processos de gestão, interação e organização do Serviço de Inspeção de Jogos

Entidade
Serviço de Regulação e Inspeção de Jogos do Turismo de Portugal, IP

Entidades parceiras
Não existem

Destinatários/Beneficiários potenciais
Serviço de Regulação e Inspeção de Jogos do Turismo de Portugal, IP e concessionários de jogo territorial no mercado português.

Taxionomia
Atividade de inspeção, monitorização e controlo do jogo territorial em território nacional.

Descrição breve
Otimização dos processos de inspeção com base em suporte tecnológico adaptado à área de atividade, particularmente no que diz respeito ao acesso à informação relevante, seja ela dos registos do controlo dos frequentadores dos casinos ou da informação de gestão associada à atividade do jogo nos casinos portugueses.

Descrição pormenorizada
A presente candidatura resultou da necessidade de se fazer uma aposta clara e decisiva na modernização administrativa da área de controlo e inspeção de jogos, para garantir um aumento relevante na qualidade do serviço prestado pelo Turismo de Portugal, I.P. às empresas concessionárias do jogo em Portugal, ao público jogador, mas também à população em geral, através de um contributo mais ativo na recolha de receitas fiscais e no combate ao jogo ilícito em Portugal.

Neste âmbito, foi elaborado um plano de ação com 3 etapas de execução:

  • Análise e otimização dos processos da atividade, passando pelo levantamento e reestruturação processual da atividade de controlo da atividade de jogo, por forma a identificar e eliminar ineficiências e potenciar uma utilização mais eficaz dos recursos.
  • Atualização do perfil tecnológico da atividade e modernização da infraestrutura, de forma a adotar as melhores práticas do setor, com especial relevância para os sistemas de CCTV, de importância crucial no controlo e supervisão da atividade de jogo e contribuindo de forma decisiva para o despiste de problemas na operação da atividade do jogo.
  • Gerar valor acrescentado e conhecimento relevantes para os agentes económicos do setor, com a implementação de uma atividade de recolha, tratamento e divulgação de informação de gestão. Assume especial relevância nesta etapa a implementação e utilização de ferramentas de Business Intelligence.

Tecnologia
A opção tomada para este projeto para a sua estrutura e características tecnológicas, foi a de basear a solução de CCTV instalada nos diferentes casinos, entre outras, nas seguintes características gerais:

  • Câmaras de Videovigilância de Interior Fixas MQ;
  • Câmaras de Videovigilância de Interior Fixas HQ;
  • Câmaras de Videovigilância de Interior PTZ MQ;
  • Sistema de Gravação e Controlo (possibilidade de suportar entre 60 e 420 câmaras);
  • Monitores LCD de Bancada (26" a 28");
  • Monitores LCD de Parede (46" a 52");
  • Redes passiva de dados, incluindo instalação de todos os equipamentos e remoção das soluções de CCTV existentes, (configuração que suporte entre 60 a 420 câmaras) 
  • Equipamentos ativos de rede (configuração que suporte entre 96 a 528 pontos de
  • distribuição) 
  • Quadro Elétrico e UPS (configuração que suporte entre. 60 a 420 câmaras)

No que diz respeito à aplicação desenvolvida para o tratamento da informação de gestão do jogo territorial, este foi desenvolvido com base em tecnologia Qlikview para o tratamento e interface de exploração de informação e com base em tecnologia SQL para a componente da estrutura e gestão do cubo de informação.

Esta aplicação é composta por 4 módulos principais:
1. Motor de carregamento periódico
a. Os dados base do sistema de extração e processamento analítico têm origem no atual sistema legado de dados do Jogo territorial. Estes encontram-se num sistema Mainframe AS400. Este módulo será responsável pela comunicação entre este sistema legado e o sistema de extração e processamento analítico. Este motor importa periodicamente novos dados para manter os dois sistemas sincronizados relativamente à informação relevante em todas as tabelas consideradas relevantes para a área de jogo territorial.

2. Interface de recolha de dados operacionais complementares
a. Para maximizar a criação, a assertividade e competência da informação analítica a produzir pelo sistema, é necessário complementar os dados recolhidos pelo sistema legado com informação operacional adicional. Exemplo desta informação complementar são parâmetros importantes para o cálculo de informação analítica, que não se encontram no sistema de informação legado, e que podem ir desde a sazonalidade até aos valores de imposto a aplicar.

3. Cubo de informação analítica
a. Depois de aplicadas as ferramentas de extração e carregamento e recolhidos os restantes parâmetros operacionais que enriquecem o volume de dados de trabalho, deve ser criado um cubo multidimensional de informação que permitirá a exploração dos dados por qualquer das dimensões definidas. Nesta atividade foram definidas as dimensões e depois a hierarquia de valores dentro de cada dimensão.

4. Front-end de exploração e publicação de informação analítica
a. O cubo de informação processada permite a exploração dos dados por qualquer das dimensões definidas. Para esta exploração são utilizadas ferramentas avançadas de exploração e tratamento (mining) dos dados.

Próximas Acções
Continuidade do desenvolvimento de novas funcionalidades ligadas ao sistema de CCTV e de novas fontes de informação na aplicação de informação de gestão do Serviço de Regulação e Inspeção de Jogos.

Ponto de Contacto
Diretor do Departamento de Gestão de Projetos de Jogo
Miguel Rodrigues
miguel.rodrigues@turismodeportugal.ptv

Site
www.srij.turismodetportugal.pt

Resultados
Foram instalados sistemas de vigilância CCTV – Circuito Interno de Televisão nas seguintes instalações:  

  • Casino de Chaves;
  • Casino da Póvoa do Varzim;
  • Casino de Espinho;
  • Casino da Figueira da Foz;
  • Casino do Estoril;
  • Casino de Lisboa;
  • Sede do Turismo de Portugal, I.P. – Lisboa (Sistema de Supervisão Centralizado);
  • Casino do Funchal;
  • Casino de Monte Gordo;
  • Casino da Praia da Rocha;
  • Casino de Vilamoura.
  • Casino de Tróia;

Foi desenvolvida uma aplicação de informação de gestão adaptada à especificidade da atividade de monitorização e inspeção do jogo territorial, tendo sido criados dashboards específicos para acessos ligados às seguintes atividades:

  • Gestão de topo do Turismo de Portugal, IP e do Serviço de Regulação e Inspeção de Jogos;
  • Equipa de auditores do Serviço de Regulação e Inspeção de Jogos;
  • Inspetores de jogo do Serviço de Regulação e Inspeção de Jogos;
  • Consulta direta à informação de jogo territorial.

Última atualização: 30-05-2016